sábado, 30 de novembro de 2013

"Diário da guerra aos porcos"


Adolfo Bioy Casares escreveu "Diário da guerra aos porcos" já há muitos anos. muitos? actual. actualíssimo. constantemente me lembro deste romance - e já várias vezes o mencionei em textos de blogue - quando olho à volta neste hoje tão dorido. quando leio crónicas e pensamentos tão idênticos. tudo igual, infelizmente (no caso) a ficção e a realidade dolorosamente a aproximarem-se. 

recomendo a sua leitura, e reflexão.

...e naturalmente a crónica (clicar) de José Pacheco Pereira, no Público de hoje.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

lidos

Amanhecer com monstro marinho - Neil Jordan
Ambas as mãos sobre o corpo - Maria Teresa Horta
Ponto Ómega - Don DeLillo
Russendisko - Wladimir Kaminer
Cinco pubs, dois bares e um nightclub - John Williams (em curso)

sábado, 23 de novembro de 2013

um livro pré-livro de blogue, a lembrar uma colectânea de posts. alguns textos são belos. uma escolha? o "A morte".

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

lidos

- Esquadrão Guilhotina, Guillermo Arriaga
- Trinta facadas de raiva, Capitão Calvinho
- Livros & Cigarros, George Orwell
- Paternidade, Domingos Monteiro
- A biblioteca privada de Hitler, Timothy W. Ryback
- Canto Geral, Pablo Neruda
- A literatura erótica, Jean-Jacques Pauvert
- De poema em riste, José Carlos de Vasconcelos
- O regresso, Bernhard Schlink
- Este é o tempo dos assassinos - Variações sobre o assassínio encontradas e traduzidas por Aníbal Fernandes
- O festim da aranha - Histórias em estado de crueldade encontradas e traduzidas por Aníbal Fernandes
- 200 - Antologia comemorativa dos 200 anos de Edgar Allan Poe
- David Mourão-Ferreira ou "A secreta viagem", Helena Malheiro
- Sempre vivemos num castelo, Shirley Jackson (em curso)

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

dois pesos e duas medidas


(clicar e ler, p.f.)


mas... o Correio da Manhã não faz umas manchetes? a TVI? nas "redes sociais" não se rasgam as vestes? apela-se à intervenção da PJ ou da moca de Rio Maior, forcas av. da Liberdade afora? o quê? ah... pois, não é sobre o outro ("o outro", percebem? há sempre um outro que não nosso. ou nós)


percebido.



- reler a crónica de VPV no Público de ontem, sff. é só descer aqui um bocadinho e clicar no link

domingo, 17 de novembro de 2013

desabafo irritado, com prato e travessa na crónica "A arte de mentir", de VPV



afinal (clicar para ler a crónica) o que nós que por aqui andamos ("aqui": facebook e quejandos, e inclui-se o bloganço) sabemos de ginjeira, mais do que intuímos: há "controleiros" a manipular a 'vox populis' contra alvos determinados. a alimentar o sempre popularíssimo salivar do bota-abaixo e a justificar a sempre bem-vinda 'culpa do Outro'. agentes que angariam num ápice legiões de continuadores, 'likes' e 'partilhas'. e assim se constroem 'narrativas', se atiçam fogueirinhas. 


o putativo fórum democrático das "redes sociais" é uma farsa perigosa, um punhal envenenado que a vai assassinando, post a post, meia-falsidade a falsidade completa até o ulular das "massas", do "povo", dos "anti política", cumprir - com maldade ingénua - o planeado: derrubar A, B e C para X, Y e Z gozarem as prebendas do Poder. ou, mais comezinho, simplesmente saciarem sedes e vinganças, sangue e cartilagens, outras apenas pela banal e sempre dissimulada inveja. 


continuemos, portanto. o teatro de marionetes não pode parar.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

lidos

Guerra, Harold Pinter
A mente louca dos grandes líderes mundiais, Nassir Ghaemi
Assassinato no Comité Central, Manuel Vasquez Montálban
Os mares do Sul, Manuel Vasquez Montálban
Poesia de combate, v.a./Frelimo
Kockroach - A metamorfose, Tyler Knox
A maldição de Ondina, António Cabrita
Cinerama Peruana, Rodrigo Magalhães
Quando o cuco chama, Robert Galbraith
Ele está de volta, Timur Vermes
Trainspotting, Irvine Welsh
A mulher de Porto Pim, António Tabucchi
O Instituto Smithsonian, Gore Vidal (em curso)